Categorias | Enciclopédia, Pão

Tags |

Broa do Porto

Publicado a 16 Abril 2012 por Carla Rocha

Broa

Apesar de a broa ser um produto essencialmente da região do Minho, também se pode encontrar uma versão no Porto.

Nesta versão, depois de escaldada a farinha de milho e adicionadas as farinhas de centeio e de trigo, amassa-se e junta-se o chamado isco, ou seja, a massa velha do dia anterior. Deixa-se levedar por cerca de uma hora antes de se tenderem as broas com a malga. Finalmente, estas são cozidas durante, aproximadamente, uma hora num forno aquecido a 230º C (ou num forno a lenha, se tiver a sorte de ter um).

Há quem, ainda hoje, coza a broa sob uma folha de couve-galega, método ancestral que, além de evitar que a massa se agarre à pá e de facilitar a sua colocação no forno, dá um sabor ligeiramente ácido.

Fonte: ZOOM (Suplemento Jornal de Noticias  16/02/2012)






http://www.paparoka.com/broa-do-porto/

Deixe o seu comentário