Categorias | Enciclopédia, Pão

Pão Alentejano

Publicado a 16 Abril 2012 por Carla Rocha

Pão Alentejano

Por se tratar de uma população maioritariamente rural e assalariada, que trabalhava de sol a sol no campo, o pão era o alimento mais consumido durante a jornada laboral. Este era dado, muitas vezes, pelos donos das herdades aos trabalhadores e muitas chegaram mesmo a ter padeiros da herdade, que faziam o pão que era entregue aos trabalhadores rurais. Este era um pão de centeio conhecido como marrocate, que era dado aos ganhões e aos malteses.

O pão branco, feito com trigo, era entregue aos amos, e o pão ralo, também de trigo, aos criados de portas adentro.

Quando o pão deixou de ser confeccionado nas herdades, passou a ser comprado nas padarias locais e passou a ser conhecido como pão de lavoura.

O pão branco continua a ser reservado a ocasiões especiais, enquanto o pão ralo se tornou acessível a todos.

O pão alentejano tradicional, de trigo, reconhece-se facilmente pela forma, pela cor e pelo cheiro. O facto de a massa ser levedada com fermento e tendida à mão confere-lhe um sabor muito particular.

Fonte: ZOOM (Suplemento Jornal de Noticias  16/02/2012)






http://www.paparoka.com/pao-alentejano/

Deixe o seu comentário